Eventos

Senhor de Matosinhos

Este artigo leva-o numa viagem fantástica à história e cultura do Senhor de Matosinhos, uma peregrinação portuguesa que celebra fervorosamente a fé e a tradição. Conheça a história, a lenda, o local, as celebrações e os eventos futuros, bem como informações importantes sobre como lá chegar e o que esperar deste evento emocionante. Deixe-se envolver pelo espírito único do Senhor de Matosinhos!

by  Santiago Pereira

UPD:
Conteúdo
Senhor de Matosinhos

Foto da Internet

O Senhor de Matosinhos é um dos eventos religiosos mais populares em Portugal, que remonta ao século XIII. A principal celebração tem lugar 7 semanas após a Páscoa, quando peregrinos, turistas e pessoas de todo o país (e até de Espanha) se reúnem em Matosinhos para participar nas festividades.

Ano de fundação

Século XIII

Datas de celebração

Fim de maio - início de junho

Localização

Matosinhos, Portugal

Participantes

2 milhões de visitantes

História do Senhor de Matosinhos

Durante muito tempo, o culto ao Senhor Matosinhos foi comum a muitas pessoas em Portugal, especialmente nas regiões do norte do país. As pessoas comuns, incluindo os pescadores e as pessoas ligadas aos assuntos marítimos, dirigiam-se a ele e faziam-lhe votos. Estes votos podiam incluir a adoração num templo, geralmente de joelhos, ou oferendas como velas ou figuras de cera.

Os armadores do Porto também prestavam homenagem ao Senhor de Matosinhos para proteger os seus navios durante as viagens. Ao longo da costa do Norte de Portugal, os marinheiros peregrinavam até ao santuário, trazendo velas dos seus barcos, que entregavam a Deus em momentos de perigo e aflição.

Os habitantes das aldeias ligadas à agricultura também honravam o local. Traziam figuras de cera representando os animais que desejavam salvar das doenças e calamidades. Colocavam grandes velas e até o cabelo das mulheres como sinal de gratidão pelos "milagres". As pessoas ricas também ofereciam objectos caros, como objectos de prata e outros objectos de valor, para mostrar a sua gratidão.

A primeira referência histórica a esta imagem e ao seu culto data de 1342. É provavelmente a mais antiga imagem de Cristo crucificado existente em Portugal, feita em madeira e em tamanho natural, criada entre finais do século XII e inícios do século XIV, na junção dos estilos românico e gótico.

A Câmara Municipal estima que a Festa do Senhor de Matosinhos se realiza há 700 anos e atrai habitualmente cerca de dois milhões de visitantes.

A lenda do Senhor de Matosinhos

Na praia do Titã, junto às ruas acolhedoras com restaurantes onde cozinhar o melhor peixe do mundo é uma arte, pode encontrar o monumento ao Senhor do Padrão. Este monumento assinala o local onde foi descoberta a imagem do Senhor de Matosinhos.

Reza a lenda que São Nicodemos, escultor e amigo de Jesus, criou mais de quatro imagens em tamanho natural após a crucificação de Cristo. Destas, a imagem do Senhor Matosinhos é considerada a primeira e a mais exacta.

Esta imagem foi esculpida em madeira oca para esconder os instrumentos do sofrimento de Cristo e foi atirada ao Mar Mediterrâneo pelo próprio Nicodemos para escapar ao fogo. Acabou por ir parar à praia de Matosinhos, mas faltava-lhe uma mão.

Meio século depois, o artista não conseguiu recriar a mão que faltava à imagem milagrosa do Senhor Matosinhos, que na altura se encontrava em Blusas. No entanto, uma mulher descobriu um misterioso pedaço de madeira na praia de Matosinhos. Sempre que tentava queimá-lo na lareira, este pedaço de madeira saía das chamas. A filha da mulher, muda de nascença, falou pela primeira vez e disse que aquele pedaço de madeira era a mão do Senhor. Desta forma, a imagem do Senhor Matosinusha foi completamente recriada.

Senhor de Matosinhos festa

Senhor de Matosinhos festa

Foto da Internet

Depois de a imagem ter sido transferida para a nova igreja construída em Matosinhos no século XVI, o Nosso Senhor de Blusas passou a ser conhecido como Nosso Senhor de Matosinhos. Foi aqui que nasceu a tradição das festas em sua honra, que se realizam todos os anos durante sete semanas após a Páscoa. Esta imagem e o milagre que lhe está associado tornaram Matosinhos e os seus habitantes ainda mais devotos e a sua história parte integrante do património cultural português.

Igreja do Senhor de Matosinhos

Construída no século XVI a pedido da Universidade de Coimbra, que tinha o padroado da igreja de São Salvador de Blusas desde 1542, a moderna igreja de Matosinhos substituiu a antiga e arruinada igreja situada a poucas centenas de metros, no lugar de Blusas - onde existiu um mosteiro na Idade Média.

A construção do novo templo renascentista foi encomendada ao famoso escultor e arquiteto da época, João de Ruão, em 1559. Inicialmente planeado para demorar quatro anos a ser construído, demorou vinte! Na fase final da construção, de 1576 a 1579, João de Ruan contou com a colaboração de outro famoso artista da época, Tomé Velho.

Embora as dimensões da igreja não se tenham alterado significativamente desde então, muito pouco resta da igreja original. De facto, com a exceção das colunas que dividem os três nefitos do interior, hoje em dia, poucos vestígios vemos dessa primeira época. De facto, a igreja foi radicalmente alterada no século XVIII. A Capela-Mor sofreu profundas alterações nas duas primeiras décadas deste século, enquanto o resto do edifício foi significativamente modificado, a partir de 1743, pelo arquiteto italiano Nicolau Nasoni, que elevou consideravelmente as paredes laterais e criou uma fachada barroca inteiramente nova que deixa uma impressão duradoura. Já no século XVIII, o interior da igreja foi enriquecido com talha dourada barroca, albergando algumas das mais belas obras desta arte no nosso país.

A conclusão da construção foi marcada por grandiosas festividades que duraram três dias, precedidas de uma grandiosa procissão com uma imagem até ao lugar do Espineiro, onde foram proferidas três bênçãos ao mar, e o regresso ao templo.

Este vasto templo de três naves é rodeado por uma ampla praça arborizada e cercada por uma vedação, o que lhe confere um ambiente de tranquilidade e hospitalidade para entrar na esfera do sagrado. Neste local, estão construídas seis capelas, cada uma delas relacionada com os acontecimentos da Paixão de Jesus Cristo. Cada capela representa uma cena com figuras humanas em tamanho natural: a Agonia no Horto, a Prisão de Jesus, a Flagelação, o Pretório, o Homem e Jesus caindo sob o peso da Cruz.

A igreja é reconhecida como património público desde 1982.

Localização do Senhor de Matosinhos

O Senhor de Matosinhos está situado na cidade portuguesa de Matosinhos, que fica perto da costa marítima. A localização desta igreja especial dedicada ao Senhor de Matosinhos é um ponto-chave de peregrinação e significado cultural. O local em si inclui um vasto largo (adro) que rodeia a igreja.

Como chegar ao Senhor de Matosinhos

De transportes públicos

A partir da estação de comboios de São Bento, no Porto, existem várias formas de chegar a Matosinhos:

Autocarro 507. Pode apanhar o autocarro 507, que o levará a Matosinhos em 33 minutos. A tarifa é de 3 euros e são 6 minutos a pé desde a estação até à paragem mais próxima.

Metro. Também pode apanhar o metro. Primeiro, caminhe 14 minutos da estação até à estação Bolyan Vila Nova de Gaia (linha A). Depois apanhe o metro e demorará 43 minutos a chegar a Matosinhos. O custo do bilhete é de 2 euros.

Importante: Todos os anos, o Metro do Porto melhora os serviços para garantir um transporte cómodo e confortável aos milhares de visitantes da festa do Senhor de Matosinhos. As carreiras de metro da Linha Azul (linha A) são mais frequentes em ambos os sentidos, especialmente durante o fim de semana. No dia da procissão, o metro da Linha Azul faz também percursos mais frequentes, com comboios que partem de 15 em 15 minutos. Das 16:00 às 21:00, a frequência aumenta para 10 minutos.

Táxis. Se precisar de chegar a Matosinhoosh de forma rápida e confortável, pode apanhar um táxi. Neste caso, a viagem demorará apenas 20 minutos, mas o custo será de 12 euros.

Por transporte privado

Se viajar de carro próprio, neste caso pode chegar a Matosinhos em apenas 20 minutos, desde que o trânsito esteja normal e não haja engarrafamentos.

Em Matosinhos pode optar pelas seguintes opções de estacionamento:

  • Parque Estacionamento Sr. Matosinhos. Este parque de estacionamento está aberto 24 horas por dia, constituindo uma opção cómoda para quem procura um lugar de estacionamento a qualquer hora do dia. Pode deixar o seu carro aqui a qualquer hora.

Como se celebra o Senhor de Matosinhos

Procissão do Senhor de Matosinhos

O Senhor de Matosinhos é um evento festivo único que tem lugar em Matosinhos, Portugal, e que combina aspectos religiosos e culturais. Durante várias semanas, milhares de residentes e turistas juntam-se para se maravilharem com esta rica tradição histórica.

Um dos eventos mais importantes durante esta celebração é a impressionante procissão. Numa procissão solene, a imagem do Salvador é transportada pelas ruas de Matosinhos. Este magnífico espetáculo, inspirado em rituais religiosos, reúne os fiéis e peregrinos, criando uma atmosfera inexprimível de reverência e devoção.

Para além das procissões, as celebrações do Senhor de Matosinhos incluem uma série de actividades e animação. Actividades culturais como festivais de folclore, concertos e exposições podem ser apreciadas durante todo o evento. Desfiles e actuações de bandas locais têm lugar nas ruas, criando uma paleta cultural pitoresca.

Os eventos noturnos incluem extravagâncias de fogo de artifício que iluminam o céu noturno, bem como concertos com artistas talentosos. É uma óptima maneira de terminar um dia de diversão e emoção.

O folclore é objeto de especial atenção neste feriado. Participam grupos de folclore de Portugal e até de Espanha, que apresentam canções e danças tradicionais, que representam o espírito da região.

O feriado do Senhor de Matosinhos é também uma plataforma para a arte musical. Concertos de orquestras filarmónicas e actuações de artistas de renome encantam os visitantes com as suas proezas musicais.

As celebrações do Senhor de Matosinhos prolongam-se por várias semanas. No último dia, realiza-se habitualmente um festival de folclore luso-espanhol.

Feira do Senhor de Matosinhos

Nas feiras do Senhor de Matosinhos encontra uma grande variedade de artesanato, especialidades locais e lembranças. É o local ideal para provar a gastronomia tradicional portuguesa e comprar presentes únicos.

Dê especial atenção às feiras de artesanato, loiças e doces.

Senhor de Matosinhos 2023

O festival Senhor de Matosinhos 2023 decorreu de 19 de maio a 11 de junho. Este ano, no âmbito das actividades do Festival Senhor de Matosinhos, um dos momentos especiais foi o concerto noturno que teve lugar no dia 26 de maio, nos jardins da Biblioteca Florbel Espanca. Foi preparado pelo artista Fernando Daniel e, o que foi particularmente agradável, a entrada no concerto foi totalmente gratuita.

Festas do Senhor de Matosinhos 2023, Porto, Portugal

Senhor de Matosinhos 2024

A celebração do Senhor de Matosinhos em 2024 está planeada para seguir a tradição que caracteriza o evento. Embora ainda não tenha sido fixada uma data específica, é habitualmente celebrado numa determinada altura do ano. O evento deverá realizar-se de 19 de maio a 11 de junho e incluirá diversos programas religiosos, culturais, lúdicos e desportivos.

Outros feriados em Portugal

Leia mais sobre outras férias em Portugal:

O Enterro do Bacalhau é um feriado interessante em Portugal que é celebrado na Sexta-feira Santa. Este feriado teve origem na Idade Média e normalmente inclui um cortejo fúnebre teatral que reflecte o funeral do merceeiro como símbolo de austeridade e a rejeição de pratos de carne durante a Quaresma.

O Dia de Portugal é celebrado anualmente a 10 de junho e é um feriado nacional. Este feriado celebra o orgulho nacional e o património cultural de Portugal. O dia é marcado por celebrações, desfiles e festivais de folclore, e assinala também o nascimento do Virísimo dos dos, um grande poeta importante para a literatura portuguesa.

Carnaval em Portugal - embora não seja tão famoso como os carnavais do Rio de Janeiro ou de Veneza, não deixa de ser um evento divertido e colorido. O Carnaval em Portugal tem lugar em fevereiro ou março, dependendo do ano, e inclui desfiles, bailes de máscaras e uma variedade de eventos de entretenimento. Alguns dos carnavais mais famosos de Portugal realizam-se em Lisboa e Torres Vedras.

Perguntas Frequentes

Quando é que se celebra o Senhor de Matosinhos?

A festa começa na terça-feira a seguir ao Domingo do Espírito Santo (ou Pentecostes), uma data móvel no calendário que ocorre sete semanas depois da Páscoa.

Que acontecimentos ocorrem durante a procissão?

O acontecimento principal é o transporte da estátua do Salvador pelas ruas de Matusins, acompanhado de orações e ritos solenes. Os visitantes poderão também assistir ao fogo de artifício e visitar todo o tipo de feiras e festivais.

Há possibilidade de comprar lembranças durante a festa?

Sim, pode comprar uma variedade de lembranças, presentes e doces na Feira do Senhor de Matosinhos.

Que tipo de orçamento é necessário para participar na festa?

Os custos podem variar, mas a maior parte das actividades e dos serviços religiosos são gratuitos. No entanto, tenha em conta o custo dos transportes e da animação.

Onde posso encontrar informações actualizadas sobre a festa?

Para obter as informações mais actualizadas, deve contactar o posto de turismo de Matosinhos.