Pessoas

Os 10 melhores futebolistas

Os 10 melhores futebolistas de Portugal. Em que posições jogaram os jogadores, o que alcançaram durante as suas carreiras profissionais.

by  Olivia Sousa

UPD:
Conteúdo

Os portugueses adoram futebol - é o desporto mais popular do país. Muitos futebolistas que se tornaram estrelas internacionais têm nacionalidade portuguesa. É frequente nascerem atletas talentosos no país.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Foto da Internet

Cristiano Ronaldo pode ser considerado a principal estrela do futebol não só em Portugal, mas também em todo o mundo. O famoso atleta joga na posição de médio extremo ou avançado. Distingue-se por:

  • movimento surpreendentemente rápido no campo;
  • boa resistência física;
  • a sua capacidade de ver o campo;
  • um excelente remate;
  • a capacidade de finalizar ataques de dois andares.

A ilha da Madeira é o local de nascimento de um dos futebolistas mais talentosos do mundo. Foi aqui que começou a dar os primeiros passos no futebol. A época de 2002-2003 foi extremamente bem sucedida para Cristiano, que foi notado pelo próprio Alex Ferguson.

No clube inglês Manchester United, pelo qual Ronaldo jogou de 2003 a 2009, amadureceu. O futebolista tornou-se então o dono da "Bola de Ouro" - um dos mais prestigiados prémios do futebol. Ronaldo recebeu a primeira em 2008, e foram cinco no total. Tem também quatro prémios Bota de Ouro no seu currículo. O primeiro também foi recebido em 2008.

Cristiano ganhou várias vezes a Liga dos Campeões, a primeira das quais na época 2007-2008. Uma vez com o Manchester United e quatro com o Real Madrid, uma transferência para o qual teve um custo enorme. Foi nessa altura que o português se tornou uma superestrela. No Real Madrid, marcou golos regularmente, conquistando títulos atrás de títulos. Trabalhou constantemente para melhorar a sua técnica, não se limitando às conquistas já existentes.

Tendo assinado um contrato com a Juventus em 2018, Ronaldo tornou-se o vencedor de inúmeros troféus italianos. Em 2021, deu-se o seu regresso ao Manchester United. A carreira do futebolista português estava a passar por outro surto, ele estava a lutar por novos objectivos e prémios.

Na conta de Cristiano Ronaldo existem muitos recordes diferentes, o português é o dono dos títulos de artilheiro da Liga dos Campeões e das seleções nacionais.

Na seleção portuguesa, foi o jogador que disputou mais jogos e marcou o maior número de golos. Juntamente com ele, a equipa ganhou a prata no Euro 2004, o bronze no Euro 2012 e venceu o Euro 2016.

Eusébio

Eusébio

Eusébio

Foto da Internet

Eusébio é um futebolista português com raízes moçambicanas. Os seus pais não eram pessoas muito ricas, tendo ele nascido em 1942. O futebol interessou-o desde muito cedo. Aos 11 anos, era o melhor jogador do clube local. Foi aí que chamou a atenção dos representantes do Benfica. Nessa altura, Eusébio tinha 19 anos. Com o aparecimento de um novo jogador, o clube de Lisboa começou a conquistar vitórias atrás de vitórias. Todos os especialistas no domínio do futebol notaram a sua excelente velocidade e o seu estilo de jogo flexível. Muitos acreditavam que o talento de Eusébio tinha sido concedido pelo próprio Deus. Chegou mesmo a ser comparado com o lendário Pelé, chamado pantera negra e pérola negra. Os adeptos recordavam-no como um jogador profissional, decente e honesto, que não magoava os adversários.

O talentoso futebolista terminou a sua carreira aos 32 anos de idade. A razão para esta decisão foi uma lesão. Nessa altura, já tinha conquistado onze vitórias no Campeonato de Portugal, tendo recebido uma vez a "Bola de Ouro" e duas vezes a "Bota de Ouro".

Entre os feitos de Eusébio, destaca-se o terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 1996, realizado na Grã-Bretanha. Nesse mundial foi-lhe atribuído o título de melhor jogador de ataque, bem como o de melhor marcador. Juntamente com os seus companheiros de equipa do Benfica, Eusébio venceu a Taça dos Campeões Europeus.

As suas estatísticas de jogo são admiráveis. Participou em 715 jogos e marcou 727 golos. É pouco provável que alguém consiga bater o seu recorde no clube português tão cedo.

É importante referir que é o melhor jogador português do século XX, classificado entre os 10 melhores futebolistas do mundo. Nem mesmo o mega-popular Cristiano Ronaldo tem uma lista de troféus assim.

Eusébio faleceu aos 72 anos de idade, a 5 de janeiro de 2014. A causa da sua morte foi uma paragem cardíaca.

Luís Figo

O médio português adorava jogar perto do lado direito do campo, exibindo passes "radiocontrolados", desferindo golpes fulminantes na baliza adversária. Luís Figo é uma das maiores estrelas do futebol do final do século XX e início do século XXI. A sua carreira começou em 1990 no Sporting. O jovem médio foi observado por Johan Cruyff.

Em 1995, Figo começou a jogar nos espanhóis do "Barcelona". Na época de 1996-1997, com o jovem Luís Figo e Ronaldo, apelidado de "Nibbler", os catalães ganharam a Taça dos Vencedores das Taças.

Luis Figo Ridiculous Moments No One Expected

Em 2000, Figo deixou inesperadamente o Barça, mudando-se para o Real Madrid. Na nova equipa, rapidamente se tornou um dos principais jogadores, conquistando a tão esperada vitória na Liga dos Campeões da época 2001-2002.

Em 2005, o jogador transferiu-se novamente para o Inter de Milão. Durante duas épocas, Figo jogou regularmente a defesa-central até se despedir do futebol devido à idade, em 2009.

Pela seleção nacional, Figo foi terceiro no Euro 2000, segundo no mesmo torneio em 2004 e quarto no Mundial de 2006. Foi reconhecido como o melhor da equipa em todas as ocasiões, tendo ganho a Bola de Ouro em 2000 como o futebolista europeu mais talentoso pela France Football.

Rui Costa

Rui Costa

Rui Costa

Foto da Internet

Rui Costa jogava na posição de médio, tinha uma técnica apurada e, como se costuma dizer "desenvolveu a inteligência futebolística", via bem o terreno. A sua formação como jogador decorreu no Benfica, após o que o jovem jogador foi alugado por um clube da terceira divisão, o Fafe.

De regresso à sua equipa de origem, Costa tornou-se um dos seus líderes. Jogou no Benfica de 1991 a 1994 e depois foi para Itália. Juntamente com Batistuta, assustava a defesa adversária. Marcou inúmeros golos graças aos cruzamentos de Rui Costa. Infelizmente, a Fiorentina debateu-se com problemas financeiros. Neste clube, Costa jogou de 1994 a 2001 e entrou para o seu Hall of Fame.

A sua carreira prosseguiu no Milan italiano. Com este clube, pelo qual jogou de 2001 a 2006, Rui Costa conquistou o ouro na Liga dos Campeões na época 2002-2003.

A carreira de Costa terminou no seu clube natal, o Benfica, em 2008.

É considerado um dos representantes da "geração de ouro", cujos membros venceram o campeonato de juniores em 1991. Com a seleção nacional, Costa conquistou a medalha de bronze no Euro 2000 (o jogador foi mesmo incluído na equipa simbólica do mundial) e a prata no Euro 2004.

Deku

Deku

Deku

Foto da Internet

Outro médio português de grande talento. Em 2000, Deku foi reconhecido como o melhor médio ofensivo a nível mundial. Em todos os jogos, mostrou uma luta intransigente em campo.

Primeiro, Deco foi jogador do Corinthians, depois do Benfica e do Alverca. Depois de mais uma transferência para o Salgueirusha, foi notado por representantes do Porto. O acordo com esta equipa foi assinado em 1999. Jogou durante cinco anos, ganhando a alcunha de "O Feiticeiro". É o preferido de José Maurinho.

Deku é o vencedor da Taça UEFA da época 2002-2003 e da Liga dos Campeões da época 2003-2004. Ganhou a segunda Liga dos Campeões com o Barcelona na época 2005-2006.

De 2008 a 2010, Deku jogou no Chelsea inglês e terminou a carreira no Fluminense brasileiro em 2013.

Depois de não ter recebido um convite da seleção brasileira (este país é a sua pátria histórica), começou a jogar pela seleção portuguesa. Os torneios mais coloridos para ele foram o Euro 2004 e o Campeonato do Mundo de 2006. O primeiro dos mundiais trouxe-lhe a prata, no Mundial a equipa ficou a um passo do bronze.

Em 2004, o prémio Bola de Ouro foi para Andriy Shevchenko, enquanto Deku ficou em segundo lugar.

Mario Coluna

Mário Coluna é um dos 15 melhores jogadores da seleção portuguesa. Verdadeiro ícone de Portugal e do Benfica, só perde para o grande Eusébio em termos de popularidade.

Foi um verdadeiro líder, tendo sido o capitão de ambas as equipas. Com a sua ajuda, os portugueses tiveram uma boa prestação no torneio de 1966. Coluna foi eleito o melhor futebolista do Mundial, ao lado de Bobby Charlton e Franz Beckenbauer.

Mário Coluna, O Monstro Sagrado [Skills & Goals]

A nível de clubes, Coluna conseguiu muito mais. Jogou no Benfica durante 16 anos, vencendo dezenas de vezes o campeonato, sete vezes a Taça de Portugal e duas vezes a Liga dos Campeões.

Nenê

Nenê

Nenê

Foto da Internet

Durante 18 anos, Nené jogou no Benfica, sendo uma grande celebridade, sendo amado por todos. Contribuiu imenso para as vitórias da equipa. Com ele, o Benfica ganhou 11 vezes o campeonato nacional e 8 taças nacionais.

Por duas vezes Nené foi reconhecido como o melhor marcador, e em 1971 foi-lhe atribuído o título de jogador do ano em Portugal.

Em termos de resultados na seleção nacional, Tomagnini Nené ocupa o oitavo lugar. Em 1984, foi o jogador mais velho a marcar numa final de um Euro.

Ricardo Carvalho

Ricardo Carvalho

Ricardo Carvalho

Foto da Internet

Ricardo Carvalho está incluído na lista dos melhores médios do século XXI. As suas qualidades distintivas são o seu estilo de jogo frio e destemido. A carreira profissional de Carvalho começou no "Porto".

Como parte do contrato de arrendamento, o futebolista novato recebeu treino de jogo no Leka, Vitória, Setúbal e Alverca.

Regressou ao Porto em simultâneo com a nomeação do treinador José Mourinho. Juntamente com os seus companheiros de equipa, Carvalho ganhou a Taça UEFA na época 2002-2003 e a Liga dos Campeões na época 2003-2004.

No verão de 2004, Mourinho tornou-se o treinador do Chelsea, que pediu à direção para reforçar a equipa com um defesa português.

Em 2010, Carvalho mudou-se para o Real Madrid, seguindo novamente o mentor. A primeira época foi de sucesso para o português, mas gradualmente a idade e as lesões começaram a ter um impacto negativo nos resultados.

No final da sua carreira, em 2013, Ricardo Carvalho mudou-se para o Mónaco e depois para o clube chinês Shanghai SIGP.

Os torneios de maior sucesso para o jogador ao nível da seleção nacional foram o Euro 2004, onde conquistou a prata, e o Mundial de 2006 (a equipa ficou a um passo da medalha de bronze). Carvalho chegou mesmo a integrar as equipas simbólicas de grandes mundiais. O mérito do veterano, na altura com 38 anos, está no ouro do Euro 2016.

Fernando Chalan

Um médio técnico que facilmente vence os adversários. O futebolista foi formado no Benfica, clube pelo qual jogou de 1976 a 1984 e de 1987 a 1990. Foi várias vezes campeão e venceu a Taça de Portugal.

Sempre, Chalana - Documentário Benfica TV

Devido a um grande número de lesões, não pôde demonstrar todas as suas capacidades no Bordéus, onde jogou de 1984 a 1987. O futebolista terminou a sua carreira na segunda divisão de Portugal, jogando no Belenenses e no Estrela.

No final do Euro 1984, chegou a fazer parte da equipa simbólica do mundial.

Paulo Futre

Paulo Futre

Paulo Futre

Foto da Internet

Um médio que mostrou qualidade de jogo, passes em slalom e desmarcações graciosas. Passou a época de 1983-1984 no Sporting, acabando depois no Porto. O médio técnico interessou os representantes do Atlético, o que aconteceu durante a Taça dos Campeões Europeus na época de 1986-1987.

Futre jogou nos "matrasniki" de 1987 a 1993, seguindo-se curtos períodos no Benfica, Olympique, Reggiane, Milan, West Ham, Atlético, Yokohama Flugels.

Pela seleção nacional, o primeiro jogo foi disputado em 1983. Nessa altura, Futre tinha 17 anos, o que constituiu um recorde para a seleção nacional. Pela seleção portuguesa, o futebolista disputou o Campeonato do Mundo de 1986. No ano seguinte, ficou em segundo lugar na votação efectuada pela "France Football" para o título de melhor jogador europeu, perdendo a "Bola de Ouro" para Ruud Gullit.

Fernando Peyroteu

Entre os futebolistas portugueses destaca-se Fernando Peyroteu, considerado o melhor marcador da história desportiva do seu país.

Na conta deste jogador estão 331 golos marcados em 197 jogos. Peyroteu jogou no Sporting como avançado.

Fernando Peyroteo 🇦🇴🇵🇹 - (The Maximum Idol and Legend of Sporting CP 🇵🇹) - Skills and Goals.

Destaca-se o confronto da sua equipa com o Lesa, onde conseguiu marcar 9 golos. Ao longo da sua carreira, marcou 32 hat-tricks e 18 golos.

Que outros futebolistas famosos são oriundos de Portugal?

Portugal é a pátria de vários outros futebolistas que conseguiram alcançar fama mundial. Esta lista pode incluir:

  • Bernardo Silva (médio);
  • Ruben Dias (defesa-central);
  • Rui Patrício (guarda-redes);
  • Paulo Futre (avançado, médio);
  • Pauleta (avançado).

O amor do povo português pelo futebol tem alimentado o aparecimento de cada vez mais estrelas internacionais.