Pessoas

Dino D'Santiago

by  Olivia Sousa

Conteúdo
Dino D'Santiago

Uma das maiores vozes nacionais de Portugal, é assim que jornalistas e críticos descrevem hoje Dino D'Santiago, músico, cantor e ativista português. O cantor português combina habilmente os sons tradicionais da Morna, Batuco e Funas com sons modernos, criando um som verdadeiramente refrescante e intemporal.

Biografia

Nome completo

Claudino Jesus Borges Pereira

Nome artístico

Dino D'Santiago

Data de nascimento

13 de dezembro de 1982

Local de nascimento

Carteira, Faro, Portugal

Nacionalidade

Afrodescendente, crioulo

Idade

41 anos

Função

cantor, compositor, ativista

Filhos

Lucas, Cleo

D'Santiago - Claudino Jesus Borges Pereira - nasceu a 13 de dezembro de 1982 na Fregueira da Carteira, no Algarve. Filho de imigrantes da ilha de Santiago, em Cabo Verde, cresceu nos antigos bairros de pescadores da Carteira, para onde os seus pais se mudaram depois de chegarem a Portugal. A zona era habitada por vários imigrantes vindos das antigas colónias portuguesas: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique. Foi demolida em 1997. Nessa altura, D'Santiago, com 15 anos, mudou-se para o Bairro da Abeleira com os pais, irmãos e irmãs. Aos 21 anos, mudou-se para o Porto, onde viveu durante 11 anos, e depois para Lisboa, onde vive atualmente.

O bairro é um lugar de vergonha. E cria uma vulnerabilidade extrema nas crianças. Porque não partimos todos do mesmo sítio - de facto, vimos todos de sítios diferentes - mas espera-se que façamos o mesmo na escola, e isso cria uma enorme desigualdade. Este fosso tem a ver com a auto-limitação, a crença de que nascer num determinado contexto limita as oportunidades futuras, a aceitação das diferenças em nós próprios e nos outros.

Eles eram negros. Nenhum negro era inocente até que se provasse a sua culpa. Vivia num beco da Carteira, um bairro de droga onde a maioria dos seus amigos se tinha perdido. Atravessou um mar tempestuoso e venceu a tempestade.

Dino D'Santiago, cantor português

Dino D'Santiago

Foto da Internet

Ia à igreja e cantava no coro, acompanhado pelos pais, que eram e continuam a ser religiosos, mas o bairro era duro, as drogas duras proliferavam e havia dias em que a polícia assaltava todas as casas, mesmo as dos que não tinham qualquer relação com a droga.

Dino cresceu rodeado de música e arte. O pai era fã de português, gramática e matemática. Mas o rapaz sempre teve uma certa aversão à matemática e à geometria descritiva. Era fã de história da arte. De facto, a certa altura da sua vida, quis ser professor de história porque tinha um professor que o inspirava. Depois veio o serviço militar durante 5 meses.

Desde a infância que gosta de música e, a certa altura, apercebeu-se de que a música era a sua companheira de vida, com a qual passaria a vida, agradando a si próprio e aos outros.

Para além da música, Dino D'Santiago é também designer de moda com a marca “d'Santiago”. A par do seu último álbum Badiu, lançado em 2021, o cantor decide investir nesta indústria para lançar uma coleção de roupa baseada nas suas canções.

Dino dá grande atenção à sua cidade de infância. O projeto Sou Quarteira procura reafirmar a identidade de Carteira como um todo: geográfico, cultural, social e económico, procurando demonstrar a diversidade de experiências culturais e sociais que a cidade valoriza, para além do turismo de praia e da indústria hoteleira.

Em outubro de 2021, foi incluído na lista do MIPAD das pessoas mais influentes de ascendência africana.

Dino D'Santiago, cantor português

Dino D'Santiago

Foto da Internet

Vida pessoal

Quanto mais popular é uma figura pública, mais pormenores sobre ela chegam à imprensa. Há muito que toda a gente se interessa pela vida pessoal do artista, pelo que, normalmente, há mais especulação do que verdade.

Quando Dino actuava no programa Ópera Triunfante, em 2003, Catarino Furtado foi a apresentadora do programa e falou mal do cantor, mas foram as suas palavras que inspiraram a “criança nervosa” a não desistir e, 20 anos depois, foi ao seu camarim expressar a sua admiração. Os paparazzi estão sempre presentes. As fotografias de Dino D'Santiago e Katarina abraçados fizeram a ronda nos blogues e nos meios de comunicação social. Tiveram de se explicar em cartas abertas nas redes sociais.

"Há 20 anos, foi graças a Ti que me apercebi do quão sagrado é o momento em que estamos no palco. Eu tremia toda enquanto caminhava pela desafiante coxia da Operação Triunfo, com medo de tropeçar antes de lá chegar, alcançando o centro daquele que era, na altura, o lugar mais cobiçado por um artista no país."

"Ambos temos uma história que é mesmo nossa, mas que vai para além disso. As pessoas dizem-me: 'O teu Dino é lindo'. Eu guardo-o (apesar de ambos sabermos que ninguém é de ninguém) porque gosto de pensar que essa proximidade de que falas no teu post é a conquista do tempo e dos bastidores, investindo na honestidade e na entrega sem medo."

Note-se que a agitação em torno do casal não diminui, e há razões para isso: o cantor apagou uma foto com Naomi Guerreiro nas redes sociais, a foto em que ambos estão felizes: o relacionamento deles foi retomado após uma pausa de dois anos, quando Dino teve um caso com Rafaela Rosa de Souza. Eles se separaram logo após o nascimento do filho Lucas.

Dino D'Santiago e Naomi Guerreiro

Dino D'Santiago e Naomi

Foto da Internet

Mulher e filhos

Dino Santiago foi pai pela primeira vez em fevereiro de 2021, quando tinha 39 anos.

Dino D'Santiago teve um caso amoroso com Rafaela Rosa de Souza e, em fevereiro de 2021, o casal teve um filho, Lucas D'Santiago, que hoje tem três anos.

"Lucas D'Santiago. 02.06.2021. Quem me conhece sabe o quanto eu sonhava com esse dia. Sempre imaginei o que aconteceria quando ele chegasse... Ser pai sempre foi o sonho da minha vida.”

Dino D'Santiago tornou-se pai pela segunda vez em junho de 2023. O artista voltou para os braços de Naomi Guerreiro, que já tinha conhecido no passado, e tiveram uma menina.

"Com os dois, aprendo sobre o ‘poder do presente’. Lucas 3 + Cleo 1 = 4 anos de muitas provações, mas acima de tudo, a descoberta do amor incondicional."

Dino D'Santiago e o seu filho

Dino D'Santiago e o seu filho Lucas

Foto da Internet

Carreira

O que faz de Dino D'Santiago um artista tão especial é a sua mistura sem esforço de sons tradicionais e contemporâneos para criar algo que soa verdadeiramente diferente de tudo o que já se ouviu. Cada um dos seus lançamentos incorpora este som caraterístico que vive e respira por si só - cada nota, palavra, letra, verso e batida ressoa consigo a um nível quase espiritual.

A carreira musical de D'Santiago começou quando, em criança, cantava num coro de igreja, seguindo o exemplo dos seus pais, que cantavam em coros e cujos ensaios ele ajudava a escrever. Nos anos 90, com a popularização do rap e do hip-hop em Portugal, os rappers locais do Bairro dos Pescadores convidaram-no a fazer refrões para as suas músicas. Foi durante este período que começou a compor música.

Dino entrou na Ópera Triunfante em 2003 quase por acaso. Foi acompanhar a sua amiga Carla de Souza ao casting da OP em Portimão para a apoiar. Um dos operadores de câmara viu-o a cantar e ofereceu-lhe uma audição. Paula Oliveira e Ruben Alves (os professores de OT) gostaram dele. Entrou no programa e chegou à final sem qualquer experiência, apenas com experiência em escrever música hip-hop. Teve professores como a cantora Maria João que lhe abriram os horizontes e lhe mostraram coisas para além do que estava habituado a ouvir. Fizeram-no apaixonar-se pela música portuguesa. Nesse espetáculo, foi-lhe proposto que mudasse de nome e passou a chamar-se Dino D'Santiago.

Desde 2004, tem trabalhado com a banda Expensive Soul. Com eles, apercebeu-se de que queria e podia viver da música. Em 2008, lançou o seu primeiro álbum a solo. No final dos anos 2000, formou a sua banda Dino & The SoulMotion e fundiu-a com o projeto Nu Soul Family, do qual fazia parte há 11 anos.

Estreou-se em nome próprio em 2008 com o tema “Eu e os Meus”, seguido de “Eva” (2013), que ganhou dois Cabo Verde Music Awards. Em 2013, quando filmou Eva e assinou contrato com a editora Lusafrica, de Césária Évora, viajou muito. Da Coreia do Sul ao Brasil, aos EUA, a muitos países europeus - Alemanha, França, Luxemburgo, Polónia. Em todos eles, sentiu a sua ligação à música e à história de Cabo Verde. Isso despertou o lado social do cantor, e foi daí que nasceu o projeto Sou Quarteira.

Dino D'Santiago, cantor português

Dino D'Santiago

Foto da Internet

É um projeto que inclui um festival anual e projectos culturais de grande importância social. Proporciona uma variedade de experiências e oportunidades para desbloquear o potencial de Carteira para além do turismo de verão. Não é apenas um festival, é um movimento que junta quatro jovens locais que pretendem mostrar o talento de Carteira em várias áreas, desde a arte ao desporto, através de uma série de eventos. Dino D'Santiago, Inês Oliveira, Miguel Jacinto e Naomi Guerreiro pretendem dar a conhecer o melhor que Carteira tem para oferecer, para além da praia e da gastronomia.

Em 2018, lançou o seu álbum Mundu Nobu e tornou-se um fenómeno de popularidade, sendo inclusive convidado pela Rainha da Pop, Madonna, para partilhar o palco com ela durante a sua digressão Madame X. No mesmo ano, participou na final do Festival Eurovisão da Canção (em Lisboa).

Em 2019, na primeira cerimónia dos Play Awards, foi premiado nas nomeações de “Melhor Artista a Solo”, “Melhor Álbum” e “Escolha da Crítica”. Nos Cabo Verde Music Awards, venceu a categoria de Melhor Ritmo Internacional. No final de 2019, juntou o EP “Sotavento” à sua discografia, e a revista GQ Portugal atribuiu-lhe o prémio “Homem do Ano” na área da música.

Um novo capítulo no percurso musical de Dino D'Santiago abre-se em 2020 com o álbum Kriola, que recebeu elogios da crítica internacional como a Rolling Stone, Complex e Folha de São Paulo, e foi galardoado com o MTV EMA para Best Portuguese Act, tendo sido novamente reconhecido em Portugal com três prémios Play Vodafone para Melhor Álbum, Melhor Canção e Melhor Artista Masculino.

Atualmente, Dino D'Santiago é o artista que mais prémios conquistou nos Play - Portugal Music Awards - Melhor Artista Masculino (2019, 2021 e 2022); Escolha da Crítica (2019, 2021 e 2022) e Melhor Álbum (2019 e 2021).

Dino D'Santiago - Como Seria

Dino D'Santiago e Naomi

Dino D'Santiago e Naomi Guerreiro, ambos do Algarve, celebraram o primeiro aniversário da sua filha Cleo a 3 de junho de 2024. A sua ligação não se deve apenas à sua relação amorosa. Naomi foi a produtora e directora do Sou Quarteira, um festival que os quatro amigos e sócios realizaram na sua cidade de infância para a fazer prosperar.

Naomi Charlotte, juntamente com Dino, é a fundadora da Associação Beyond, que criou o movimento Sou Quarteira para desenvolver a cidade, criar infra-estruturas e novas oportunidades para as gerações futuras. O casal já havia sido amante no passado, mas se separou quando Dino D'Santiago começou uma nova vida com Rafaela Rosa de Souza, cujo relacionamento, que durou aproximadamente dois anos, terminou logo após o nascimento do filho Lucas D'Santiago, em fevereiro de 2021.

O relacionamento de Dino e Naomi foi retomado, resultando na alegria e paixão da filha Cleo, que nasceu em 3 de junho de 2023.

Dino D'Santiagoe a sua filha

Dino D'Santiago e a sua filha Cleo

Foto da Internet

Concertos

19 de julho de 2024 - Hipódromo Manuel Possolo, Cascais, Portugal, concerto de jazz de Dino D'Santiago e Maro.

30 de agosto de 2024 - Parque Natural de Sesimbra, Sezimbra, Portugal.

6-8 setembro 2024 - Festa de Avanta, Seychal, Portugal.

Como comprar bilhetes?

Para comprar bilhetes para o concerto de jazz de 19 de julho de 2024, siga o link.

Se estiver em Portugal no final de agosto, pode ter sorte e visitar o festival Sabura 2024, onde Dino D'Santiago actuará no dia 30 de agosto. Os bilhetes já estão disponíveis através desta hiperligação.

Além disso, pode visitar o site pessoal do cantor https://www.dinodsantiago.com, onde pode informar-se sobre os seus próximos concertos e comprar bilhetes para os seus concertos a partir deste site.

Redes sociais